Creio que você conhece alguém que sequer cogita que existe alguma outra verdade senão aquela defendida por esta pessoa. É muito comum convivermos com pessoas assim em nosso dia a dia. Por mais que sejamos tolerantes, receptivos e pacientes, fato é que se torna desagradável lidar com alguém que só enxerga o seu ponto de vista e que insiste em dar a palavra final em todos os debates, como “os donos da verdade que pensam que são os donos do sucesso financeiro”.

Geralmente quando um dono da verdade vê seus argumentos caírem por terra ao mesmo tempo em que estes dão lugar a argumentos mais convincentes apresentados pelos outros, podem até elevar o tom de voz, criando um clima de tensão e tirando a edificação cultural de uma discussão sobre um tema qualquer.

Parecem ter uma vazio na alma que precisa ser preenchido com a necessidade de estarem sempre com a razão. Assim passam o tempo todo querendo impor seus argumentos e convicções. Por trás do véu de seus argumentos, muitas vezes mostra-se uma pessoa rude e hostil cujo comportamento é originado em conflitos pessoais, insegurança e crenças limitantes.

Os donos da verdade costumam considerar inválidos os argumentos apresentados pelos outros. Sempre discordam dando a última palavra e mostrando o seu lado vaidoso e arrogante.

A verdade que eu defendo é que a verdade possui múltiplas faces. Mas caso você não concorde, tudo bem.

A vida seria muito mais simples se existisse uma única verdade. A verdade é encarada por muitos autores como algo relativo. O que é verdade para mim pode não ser verdade para você.

É normal termos nossas verdades e convicções. Nossas verdades se constroem com as nossas crenças, educação, cultura e experiências de vida. Podemos defender nossos pontos de vista, nossas verdades, mas não precisamos impô-las às pessoas o tempo todo e de forma autoritária. Uma coisa á apresentar argumentos sólidos e convincentes, outra é argumentar por argumentar, para mostrar superioridade. Assim, os donos da verdade logo são identificados em uma roda de amigos como arrogantes, intolerantes e vaidosos.

Pessoas arrogantes correm o risco de viver uma vida solitária, na companhia de suas verdades, uma vez que se tornam desagradáveis. Quem tenta manter as suas verdades a qualquer custo, sem sequer cogitar a veracidade dos pontos de vista alheios, acaba sendo evitado em ciclos sociais, porque não existe possibilidade de manter uma relação saudável com amigos ou familiares.

Portanto, o maior erro que pessoas assim cometem é achar que estão sempre certas.

Assim, é muito importante mantermos nossa mente aberta. Podemos interagir de maneira consciente, respeitosa, ponderada e educada quando defendemos nossos pontos de vista, mas devemos nos policiar e tomar cuidado com os excessos.

Ceticismo: uma muralha na mente dos donos da verdade

Financeiro - Uma muralha que representa a barreira que o ceticismo, característico dos donos da verdade, causa na vida das pessoas por bloquear o acesso ao conhecimento.

Eis aqui uma verdade: o ceticismo é uma muralha da mente no caminho da prosperidade financeira. Questione-a, se quiser nos comentários ao fim do artigo!

Os donos da verdade são céticos, arrogantes e intolerantes. Geralmente rejeitam novas informações recebidas por acreditarem que são superiores e não precisam aprender coisas novas. Acreditam que são perfeitos e já adquiriam todos os conhecimentos necessários para a vida. Em muitos casos chegam a questionar princípios defendidos por escritores de sucesso, cujas idéias já foram colocadas em prática e apresentaram resultados comprovados. Pessoas céticas e intolerantes raramente prosperam.

Se acreditamos que estamos sempre certos, estamos fechando as portas da mente para o novo conhecimento. O que pode causar uma estagnação em nosso caminho rumo ao sucesso profissional e à prosperidade financeira. Não haverá motivos que incentivem à uma melhora íntima contínua que só pode ser alcançada mediante uma pitada de humildade.

Muitos donos da verdade são generalistas, mesmo possuindo especialização em determinada área. São às vezes bem informados, mas o problema é que como não aceitam argumentos de pessoas que julga inferiores e que aprenderam por determinado tema por vivência, por vezes acabam se embolando em argumentos sem fundamentos e encerrando o assunto com a palavra final.

Abra a mente para ser dono do seu sucesso financeiro

Devemos ter em mente que se não temos muito do que desejamos, é porque ainda não sabemos algo. Caso soubéssemos, já teríamos. Precisamos ter a humildade necessária para admitir isso.

As pessoas prósperas com sucesso financeiro se atualizam sempre. Reconhecem que o conhecimento pode vir de onde menos se espera. Que qualquer um pode adquirir conhecimento de forma auto-didata. Qualquer um pode se aprimorar o tempo todo.

Quem acha que já sabe tudo não compreende que a fonte de geração e conservação de toda a riqueza é o conhecimento.

Pessoas que tem uma mente escassa, limitada, como donos da verdade, passam pela vida tentando provar que estão certas.

Outra verdade: limitação da mente acarreta em limitações financeiras. Caso não concorde, já sabe onde argumentar. Fique à vontade.

Muitas pessoas acham que o fim dos estudos vem com a conclusão do ensino superior, mestrado ou doutorado. Isso é aprimoramento da inteligência técnica, muito importante por sinal. Mas é importante cultivar continuamente a inteligência financeira se quiser prosperar financeiramente. Ser um profissional bem sucedido e bem remunerado não significa ser próspero e abundante se não houver aplicação de princípios de educação financeira, por exemplo.

Se você deseja prosperidade, deve começar a abrir a mente para acreditar em coisas que muitas vezes não nos apresenta como comuns. Deve-se acreditar no invisível e confiar.

O autor T. Harv Eker no livro “Segredos da mente Milionária” menciona em uma de suas frases mais famosas:

” Ou você está certo ou você é rico, nunca as duas coisas ao mesmo tempo”

– T. Harv Eker –

De acordo com o autor, em seus seminários ele apresenta o que chama de as três palavras mais perigosas que pronunciamos: eu já seiSe você vivencia alguma coisa, você realmente sabe sobre ela. Experiência de vida é o mais profundo mecanismo do saber.

Conhecimento => poder => sucesso financeiro

Devemos buscar colocar em prática ensinamentos passados em bons cursos e livros sobre educação financeira, investimentos, desenvolvimento pessoal e funcionamento da mente.

Lembre-se que sua mente não é você. É uma parte de você. Você pode dominá-la. Você pode se questionar e avaliar se está se fechando para novos conhecimentos.

Os dias atuais são muitos dinâmicos. Vivemos na era da informação. Fatos políticos e econômicos ocorrem a todo o tempo. Oportunidades de aprendizado e de sucesso surgem a todo tempo.

É essencial mantermos nosso espírito de humildade diante dos fatos e das pessoas e saber que o mais poderoso investimento, capaz de lhe gerar maiores dividendos é o conhecimento.

Os donos da verdade não são donos do conhecimento. Como conhecimento é poder e pode gerar sucesso e prosperidade financeira, pode se dizer que os donos da verdade também não são donos do poder, sucesso e riqueza. O oposto a essa regra pode até acontecer por um período, mas é uma questão de tempo para que o ceticismo, a arrogância e a intolerância gerem minguados frutos.

Um comportamento muito observado em grande parte das pessoas é não assumir que fizeram um mau negócio (financeiro) em algum momento. Tendem a exaltar seus sucessos financeiros deleitando-se com elogios dos outros, que servem de alimento para seu ego, mas quando sofrem uma derrota, não admitem que erraram.

Se você conhece algum dono da verdade cuja vida financeira não está indo de “vento em popa”, é por que existe algo que ele exita em não conhecer por crer que já sabe tudo para seu sucesso financeiro. Mas é certo que ele vai tentar “abafar” problemas financeiros por orgulho. Usando o disfarce de “soberanos da verdade”, eles vão dizer que foi um evento isolado de má sorte que os deixou quebrados.

Esse fato pode ser sintetizados pela seguinte frase:

“Os donos da verdade precisam descobrir a  verdade a seu respeito”

-Mark W. Baker –

Assim, é essencial que você continue aprendendo, evoluindo e crescendo. Essa é mais uma verdade. Você acha que não? Tudo bem.

Então deixe deu comentário. logo abaixo.

Acha que é uma verdade, deixe seu comentário também.

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares, clicando nos botões das redes sociais a seguir.

Até a próxima!

 

Fábio Moraes

Um artigo sobre Educação Financeira

,

Sem comentários