Letra de Crédito do Agronegócio ou LCA é um título de renda fixa emitido por bancos com a finalidade de captar dinheiro para subsidiar crédito para o setor agropecuário.

O dinheiro que você investe em LCA é um empréstimo que você faz ao banco. Este usa o dinheiro como fonte de recursos, oferecendo-o ao produtor rural quando ele decide tomar um empréstimo para financiar suas atividades.

Este crédito pode ser usado para a aquisição de maquinas, insumos, mudas, ferramentas e outros utensílios e serviços necessários ao trabalho no campo.

Quando você investe em LCA, está comprando um título de crédito com uma data de vencimento determinada no momento da compra. Você espera receber este valor acrescido de juros no momento do vencimento. A cada novo investimento, você estará comprando novos títulos privados com vencimentos distintos de acordo com a data dessa nova compra.

Por trás de toda LCA, há um contrato de empréstimo entre o banco e um produtor rural que envolve garantias. Assim, o investidor não precisa se preocupar. O risco é todo do banco.

Dessa forma, o investimento possui como lastro contratos de empréstimos do agronegócio. Em outras palavras, para emitir LCA, o banco utiliza contratos de empréstimos garantidos por bens do produtor rural.

Em caso de inadimplência por parte do produtor, o banco poderá leiloar maquinários, insumos e outros bens a fim de reaver o capital emprestado adicionado dos juros corrigidos.

Independente de inadimplência ou não por parte do produtor que contraiu a dívida, o banco tem que honrar o compromisso com o investidor de recomprar esta LCA na data de vencimento, pagando o capital investido acrescido dos juros acumulados.

Isenção de IR e rentabilidade da LCA

Para o investidor, a maior vantagem da LCA é o fato de que é isenta de Imposto de Renda.

Não é por isso que ela é mais rentável do que um CDB, ou Títulos públicos, onde há incidência de IR. Isso dependerá da taxa de juros oferecida. Assim, há casos onde a LCA é mais rentável do que um CDB, por exemplo. Já em outros, não.

Uma coisa é certa. É muito mais rentável do que a Caderneta de Poupança (quando Taxa Selic estiver acima de 8,5%). Ambos investimentos não possuem IR e são garantidos pelo FGC para valores de até R$250.000,00, como mostro neste outro artigo.

A rentabilidade de uma Letra de Crédito do Agronegócio oferecida por um banco pode ser expressa por uma taxa pré-fixada, pós-fixada, ou mista (parte pré-fixada e outra indexada ao IPCA).

É mais comum observarmos LCA pós-fixada. Neste caso, a rentabilidade fica atrelada a um percentual da Taxa DI (CDI).

A Taxa DI normalmente acompanha a Taxa Selic. Para saber a Taxa DI, visite www.cetip.com.br.

Enquanto escrevo este artigo, a taxa DI é 14,13%. Agora imagine que um banco oferece uma LCA a 90% do CDI para um prazo de 2 anos (720 dias). Como calcular a rentabilidade? Muito fácil. Basta dividirmos 90 por 100 para obtermos 0,90. Agora, multiplique 0,90 por 14,13 e veja que o valor obtido é 12,72%. Esta é a rentabilidade bruta deste investimento.

Se a Taxa DI(CDI) subir ou cair enquanto seu dinheiro estiver investido, sua rentabilidade acompanhará este movimento.

Como investir em LCA?

Você pode investir em LCA por meio de dois caminhos: abrindo conta no banco emissor ou um uma corretora de valores.

O problema de abrir conta diretamente no banco emissor é que há muitas opções rentáveis de LCA no mercado. Para ter acesso em todas elas, você teria que abrir conta em diversos bancos. Imagine o trabalho que isso daria?

Já as corretoras de valores  compilam em seus portfólios vários ativos que são emitidos por diversos bancos. Um deles com certeza se adequará melhor ao seu perfil e objetivos.

Dessa forma, é mais vantajoso abrir uma conta investimento em uma corretora de valores que oferece a LCA do seu interesse. Você perceberá, com o tempo, que é interessante possuir conta em mais de uma corretora de valores.

Antes de escolher sua corretora, visite seu site, conheça produtos e regras para a custódia de ativos e saiba se há ou não cobrança de taxas de administração.

Este site irá te dar um panorama geral das rentabilidades oferecidas pelos bancos e as corretoras que intermediam as operações de aquisição destes ativos.

Vantagens e desvantagens da LCA

Nenhum investimento é perfeito. Todos possuem vantagens e desvantagens relacionadas aos critérios rentabilidade, liquidez e risco. No caso da LCA, assim como em outros investimentos de renda fixa, há um quarto fator: valor mínimo de investimento.

Veremos a seguir os pontos positivos e negativos de investir em Letras de Crédito do Agronegócio.

Vantagens

Uma delas já foi retratada anteriormente: a isenção de imposto de renda, como ocorre com as Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e com a Caderneta de Poupança.

Outra grande vantagem da LCA é a possibilidade de obtenção de boas rentabilidades, principalmente se você investir em bancos de menor porte. Geralmente estas rentabilidades são bem maiores do que as oferecidas por grandes bancos públicos e privados. Porém, antes de investir em bancos médios, você deverá conhecer as notas de risco ou ratings dos bancos. Para saber como consultar os ratings dos bancos, leia este artigo.

A terceira vantagem de se investir em LCA é a segurança. Neste investimento há cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para valores de até R$250.000,00 por banco e por CPF. Geralmente quanto menor a nota de risco do banco, maior a rentabilidade oferecida. Caso o banco médio entre em insolvência, seus investimentos não superiores a R$250.000,00 serão reembolsados. Uma estratégia eficiente para não correr riscos de “calote” por insolvência de bancos menores é não concentrar todo o valor investido em um só banco. Por exemplo, você poderá investir R$10.000,00 em um banco e R$30.000,00 em outro. Em caso de quebra do banco, você será coberto pelo FGC dentro de alguns meses.

A mesma cobertura do FGC garante seus investimentos em CDB, LCI e Caderneta de Poupança dentro de suas regras vigentes.

Desvantagens

Todo e qualquer investimento possui, pelo menos, um ponto fraco. Com as Letras de Crédito do Agronegócio não é diferente. Vejamos agora os pontos fracos de se investir em LCA.

1) Valor mínimo de investimento

Se você deseja investir em LCA, dificilmente conseguirá algum banco que emita este título de renda fixa com valor mínimo de aplicação abaixo de R$10.000,00. Para o investidor iniciante e até mesmo para os mais experientes, isso pode ser um obstáculo. Uma solução é criar uma provisão de investimentos maiores em um fundo de renda fixa pós fixado e com liquidez até conseguir poupar a quantia necessária para investir em LCA. Para saber como fazer provisões financeiras, acesse este artigo aqui.

2) Liquidez

Geralmente, há baixa liquidez para este investimento. Normalmente você só poderá sacar no vencimento ou após um período mínimo de carência. Assim, o investimento não poderá ser facilmente convertido em dinheiro na sua conta corrente, caso você necessite. Antes de investir em LCA assegure-se de que possui uma reserva de emergência com liquidez e de que não necessitará do valor investido antes do vencimento ou término da carência. Para saber como criar uma reserva de emergência, leia este artigo. Para saber mais sobre Liquidez, leia este outro artigo.

É vantajoso investir em LCA?

A resposta é depende. De maneira geral, considero um excelente investimento. Digo depende, pois você deve relacionar as características do investimento, suas vantagens e desvantagens ao seu perfil de investidor e ao seu objetivo. Para você se tornar um investidor de sucesso, deverá ser capaz de decidir sozinho ou com seu cônjuge onde investir sem a opinião de terceiros (muito menos do gerente do banco). Nada contra os Gerentes de banco, afinal o trabalho deles é de suma importância para a sociedade. Mas muitas vezes eles buscam bater metas e por serem comissionados por isso, possuem interesse em “vender” certos investimentos. Nem sempre o que eles oferecem é o melhor para você.

LCA versus Caderneta de Poupança

Criei uma tabela ilustrativa com a função de comparar parâmetros da LCA e da Poupança. Confira:

Tabela Comparação LCA x Poupança.A rentabilidade mensal da poupança no momento que escrevo este artigo é de 0,66%, o que corresponde a 8,21% ao ano com juros compostos.

Para a criação da tabela, considerei a Taxa DI(CDI) a 14,13% a.a. (vigente na mesma data).

Você perceberá que nem todos os parâmetros possui o mesmo peso. Certamente, rentabilidade é o que mais pesa, uma vez que a Caderneta de poupança não vem repondo sequer a inflação.

A tabela comparativa acima é muito útil para quem possui valores acima de R$10.000,00 aplicados na Caderneta de Poupança e não vai necessitar desse dinheiro no curto prazo. Assim, ela coloca em evidência a vantagem das LCAs.

De forma geral, sempre que a Taxa Selic for superior a 8,5% ao ano, é mais vantajoso investir em LCA do que na Poupança.

Letras de Crédito do Agronegócio certamente são investimentos de renda fixa muito rentáveis se bem escolhidos.

Gostou? Compartilhe e comente

Você possui alguma experiência com LCA? Deseja compartilhá-la com a gente? Então deixe um comentário. Possui alguma dúvida sobre o investimento? Poste no campo de comentários na parte inferior desta página.

Compartilhe este artigo em suas redes sociais e ajude-nos a levar a Educação Financeira a muitos e muitos lares de todo o Brasil. Para isso, é só clicar nos botões de compartilhamento das redes sociais logo abaixo.

Até a próxima!

Fábio Moraes

Um artigo sobre Educação Financeira

, ,

2 comentários

  • Rodrigo Bua 05/09/2016 em 19:03

    Muito esclarecedor! Parabéns!

  • Fábio Moraes Rodrigo Bua 05/09/2016 em 21:45

    Quem bom que gostou, Rodrigo. Muito obrigado.